A nossa história

Em meados do século XVIII nascia em França a fundadora da Congregação das Irmãs do Bom Pastor – Santa Maria Eufrásia Pelletier. O trabalho a que se dedicavam as Irmãs do Bom Pastor foi sempre muito necessário e depressa esta Congregação se estendeu por muitos países de variados continentes. Um dos primeiros foi a Alemanha onde várias jovens optaram pela vida religiosa e onde uma delas se distinguiu mais e hoje encontra-se já Beatificada…falamos da Beata Maria Droste.

O Externato Maria Droste deve o seu nome a esta Religiosa de origem alemã e descendente de famílias nobres que, segundo o Carisma e Missão da Congregação do Bom Pastor, se dedicou empenhadamente ao Apostolado da Congregação. Dedicou a sua vida a ajudar crianças, jovens e mulheres em risco, mas tornou-se ainda mais nobre pela Caridade, Santidade de Vida e Confidente do Divino Coração de Jesus, solicitando ao Papa Leão XIII, a Consagração do Mundo ao Sagrado Coração de Jesus. Esta Consagração viria a concretizar-se em 11 de Junho de 1899.

“… Senhor, deixei tudo, absolutamente tudo, para vos amar até ao último momento da minha vida e para transmitir, tanto quanto me seja possível, a devoção ao Vosso Santíssimo Coração…”

Esta citação da nossa Irmã Maria Droste, de origem Condessa Droste Zü Vichering, poderá ser o ponto de partida para conhecermos e compreendermos uma vida vivida na mais completa renúncia, unicamente em busca da glória de Deus, apostolado ativo, amor e sofrimento.

Efetivamente realizou uma grande obra, numa vida breve, mas com energia e sacrifício de todo o seu ser. Isto foi reconhecido pela Igreja que a proclama Bem-Aventurada pela voz de Paulo VI, no dia 1º de novembro de 1975. Esta obra iniciada no Porto, pela Irmã do Divino Coração – Maria Droste, foi mais tarde continuada pelas suas sucessoras em diferentes pontos de Portugal, nomeadamente em Ermesinde. É deste modo que surge o nome de Maria Droste para este Externato, homenageando assim a sua simplicidade, devoção, zelo e espírito de sacrifício pelos mais necessitados.

Em 1971 o Externato Maria Droste abriu com um grupo de 45 crianças em idade pré-escolar. A estas juntavam-se alunos de Escolas Primárias que aqui recebiam apoio através de salas de estudo nos períodos livres do dia.

Devido à grande afluência de matrículas e às excelentes instalações, em abril de 1972 solicitou-se ao Ministério da Educação autorização para a abertura legal do Externato Maria Droste. É-lhe concedido um alvará.

Atualmente existe Berçário, Creche, Educação Pré-Escolar, 1º, 2º e 3º Ciclo do Ensino Básico.

Atualmente frequentam este estabelecimento de Ensino cerca de 300 crianças…